Make your own free website on Tripod.com

PUBLICIDADE:

d'artagnan juris

Ano III - Nº 28 janeiro 2002.

MACEIÓ-ALagoas 
BRASIL

doutrina:

diversos:

ANUNCIE

DOUTRINA

E-BOOKS

ENViar TEXTO

LINKS

OPINIÃO

PARCEIROS

POEMAS

PRÊMIOS

RÁDIO 

RECOMENDE

UT. PÚBLICA

refletir

.::CONTATO::.

Clique na figura abaixo e fale conosco.

.::NOTÍCIAS::.

 

.::CADASTRO::.

Clique aqui para receber os nossos boletins mensais. CADASTRE-SE!

ENQUETES

Você gostou do novo visual deste Site?
Sim
Não
Votar
resultado parcial...

Você apóia a guerra que os EUA querem promover?
Não
Sim
Não sei
Votar
resultado parcial...

<< VOLTAR

.:: IMPRIMIR ::.

.:: AJUDA ::.

POEMAS - Solidão Sempre (PCF)

Contador de visitas

A lua está linda
Estou com amigos
Então, por que este sentimento?
Esta solidão que me invade

São pessoas que me são caras
Mas nenhuma delas é você
Será que somente você me faz feliz?
Não sei o que posso fazer

Tenho que te esquecer
Esquecer qualquer coisa que me lembre você
Mas como conseguirei?
Se ao acordar penso em você
Ao dia fico pensando se está bem
E a noite sofro por não te dar boa noite

Acho que o melhor a fazer
Será, como já me disseram,
Deixar você no plano abstrato
Te adorar por toda vida a minha vida
Mas, sem que nem você saiba

Não sei se serei capaz
Mas viver assim  não posso
Esse amor está me consumindo
Só ao pensar em ti
Me dói o coração

Então, desculpe por ter interrompido
O que nem mesmo sei se poderá dar certo
Seguirei te admirando
Ou melhor, seguirei te amando... SEMPRE.

Priscila Campos Fonseca 09/04/2001