Make your own free website on Tripod.com

PUBLICIDADE:

d'artagnan juris

Ano III - Nº 28 janeiro 2002.

MACEIÓ-ALagoas 
BRASIL

doutrina:

diversos:

ANUNCIE

DOUTRINA

E-BOOKS

ENViar TEXTO

LINKS

OPINIÃO

PARCEIROS

POEMAS

PRÊMIOS

RÁDIO 

RECOMENDE

UT. PÚBLICA

refletir

.::CONTATO::.

Clique na figura abaixo e fale conosco.

.::NOTÍCIAS::.

 

.::CADASTRO::.

Clique aqui para receber os nossos boletins mensais. CADASTRE-SE!

ENQUETES

Você gostou do novo visual deste Site?
Sim
Não
Votar
resultado parcial...

Você apóia a guerra que os EUA querem promover?
Não
Sim
Não sei
Votar
resultado parcial...

<< VOLTAR

.:: IMPRIMIR ::.

.:: AJUDA ::.

POEMAS - Rotina da guerrilha (ASG & ZF)

Contador de visitas

Amor é ilusão!
É paixão que não acaba. 

É um sonho de verão
Que machuca o coração. 

Foi a emoção que a chuva levou.
Foi o peito ferido que não cicatrizou. 

Acabou com a minha vida,
Ampliou a ferida e levou-me a uma guerrilha. 

Mas a história vivida só me leva a rotina.
A rotina de uma guerrilha eterna com a solidão,  

Minha amiga,
Minha companheira,
Minha inimiga... 

Meu eterno viver é morrer por você,
Por você amor, que busco sempre, 
Mas paro no muro desilusão tentando encontrar a luz do amor.
Mas a escuridão penso: já me condenou,
Porque aprendi ser necessário fechar os olhos ante a luz, pois sei que ela vai acabar e à escuridão vou voltar, e se é para ficar neste ir e vir prefiro daqui não sair. 

Alessandro Samartin & Zágna Fortes